• Profissionais de saúde, de nível técnico e superior, interessados em ampliar os seus conhecimentos em Saúde Mental, já podem se inscrever no curso Eventos Agudos em Saúde Mental, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), integrante da Rede UNA-SUS. Segundo a coordenadora do curso, Sheila Lindner, a capacitação foi pensada para atualizar os conhecimentos acerca de...
  • Curso gratuito. Só estou divulgando. Veja informações e faça inscrição nesse e em outros cursos no site www.unasus.gov.br
  • Nos últimos anos, o grande esforço do movimento de educação popular em saúde tem se concentrado na formulação da Política Nacional de Educação Popular em Saúde (PNEP-SUS), aprovada em 2013, e nas ações sucessivas para sua implementação. No entanto, para pensadores do segmento como Eymard Mourão Vasconcelos, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), houve um efeito colateral...
  •           O bate-papo sobre Estratégias para o Cuidado Integral às Pessoas em Situação de Violência foi transmitido AO VIVO, pelo Canal Profissional e também pelo YouTube, a partir das 10h. Para participar dos próximos módulos mande a sua  pergunta para o e-mail canalprofissional@...
  • Sabe-se que os ambientes nos hospitais brasileiros são predominantemente inacessíveis para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, posto que não foram planejados para atender à todos que necessitam de atendimentos quando precisam recorrer aos serviços de diagnóstico, cuidado e tratamento em nível ambulatorial ou de internação, nada obstante a existência de...
  • Os protocolos têm como foco na prática clínica e a gestão do cuidado, auxiliando na escolha do tratamento mais qualificado, além da organização dos serviços de saúde. É um importante instrumento de consulta dos profissionais da área. Em dezembro, o "Protocolo de Atenção à Saúde da Criança no âmbito da Atenção Básica" e o "Protocolo de Atenção as Doenças Crônicas Não...
  • HUMANIZAÇÃO NO SETOR DE RADIOLOGIA: um relato de experiência Iago Estéfano Brito da Silva[1] Valdetrudes Paz Junior [2]   (Resumo) O relato traz as reflexões que a experiência do estágio supervisionado obrigatório oportunizou vivenciar em 208 exames realizados, durante aproximadamente três meses no setor de Radiologia em um Hospital no interior do Rio Grande do Norte...
  • Em janeiro, o programa VideoSaúde segue na sessão de reprises de filmes que foram ao ar em 2016. Serão exibidos três títulos do Selo Fiocruz Vídeo, “Mudando o mundo” que leva a uma viagem científica, “Parir é natural”, ressaltando os direitos da mulher sobre seu corpo e “Crack, repensar”, um documentário premiado que traz várias perspectivas do mundo das drogas. Além desses...
  • Férias! O que é para ser um ótimo momento em família pode se tornar um período de sustos e preocupações. Segundo especialistas, a casa é o local onde as crianças correm mais riscos. Para alertar pais e jovens, o Polo de Jogos e Saúde, do Multimeios/Icict/Fiocruz e o Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas – Sinitox/Fiocruz transformaram em algo lúdico a campanha...
Use os filtros para refinar sua busca e encontrar resultados mais relevantes

Eric Figueiredo is offline
15votos

Ação Solidária Nós por Nós em Marabá-Pa e algumas reflexões sobre o ser Sanitarista

Ocorreu entre os dias 8 e 12 de Outubro de 2015 a Semana de Solidariedade Nós Por Nós, com o objetivo de trabalhar a identidade dos jovens em regiões periféricas, a partir de ações solidárias, de cidadania, atividades culturais e unir lideranças comunitárias à juventude disposta a contribuir com a organização de seus bairros. Esta atividade foi realizada nos 21 estados brasileiros que o Levante Popular da Juventude atua.


Graca Portela is offline
5votos

Boletim Eletrônico da Biblioteca de Manguinhos enfoca diabetes e dengue em sua edição 90

Em sua 90ª edição, o Boletim Eletrônico da Biblioteca de Manguinhos aborda os temas: Diabete, pelo Dia Mundial do Diabetes e Dengue, pelo Dia Nacional de Combate à Dengue.


Maria Luiza Carrilho Sardenberg is offline
5votos

Contribuindo para a diminuição da invisibilidade da saúde do homem na Atenção Primária - Cuidado Integral

Busca por avaliação de próstata, disfunção erétil e demanda oculta de homens na Atenção Primária à Saúde [tese]. São Paulo: Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo; 2016. Tese de Antonio Modesto

Carlos Basilia is offline
5votos

O Brasil está em crise, os pobres pagarão com o ônus

O Brasil está em crise. E mais uma vez, os mais pobres arcarão com o ônus Theguardian O presidente Michel Temer tem o objetivo de consagrar 20 anos de austeridade na constituição. Isso equivale a um golpe contra os pobres - e contra a própria democracia. Manifestantes no Rio de Janeiro contra a emenda foram atacados com gás lacrimogêneo, spray de pimenta e balas de borracha.


Graca Portela is offline
5votos

Álcool: números preocupam profissionais de saúde pública

A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2013, em seu volume sobre "Percepção do estado de saúde, estilos de vida e doenças crônicas" apontou um alto consumo de álcool pela população brasileira. Enquanto 24% da população com 18 anos ou mais consome bebida alcóolica uma vez ou mais por semana, 13,7% dos brasileiros mantém o consumo abusivo de bebidas alcóolicas, sejam elas cerveja, vinho, cachaça ou whisky. Outros números que chamam a atenção de especialistas é o consumo de bebidas alcóolicas por jovens entre 13 e 17 anos.

Lucas Guimarães is offline
15votos

Conhecendo um pouco sobre as RAS - Redes de Atenção à Saúde

O que são as redes de atenção à saúde?

São articulações multidisciplinares que tem o objetivo de promover a saúde dos usuários.

Quais são os seus objetivos?

Promover uma atenção à saúde de forma contínua, integral, humanizada, de qualidade e responsável como visa os princípios e as diretrizes do Sistema Único de Saúde.

Qual a diferença entre o Sistema Piramidal de Saúde Tradicional e das Redes de Atenção à Saúde?


WILIAM MACHADO is offline
5votos

RELAÇÃO ENTRE CALÇADAS MAL CONSERVADAS E INCIDÊNCIA DE QUEDAS DOS IDOSOS.

É inevitável a associação dos elevados índices de quedas dos idosos, vitimados pelos muitos buracos, desníveis, degraus, postes, andaimes, etc., presentes nas calçadas dos municípios brasileiros, com o aumento injustificável e prejudicial das despesas hospitalares pagas pelo Erário. Uma contradição em tempos de crise do financiamento público. Quando gestores públicos têm de economizar até no essencial, admitir gastos com acidentes previsíveis implica, no mínimo, concordar ser desonrado com certificado de reprovação pública, emitido pela camada pensante da população.