•   HOJE, dia 20 de janeiro: nova edição do Saúde em Debate: Quer saber mais sobre Violência Doméstica? Então não deixe de assistir ao programa Formação em Debate de HOJE! Nesta edição nossa convidada é Maria Fernanda Terra, professora de Saúde Coletiva da Santa Casa de São Paulo. Você pode assistir AO VIVO pelo Canal...
  • Sabe-se que os ambientes nos hospitais brasileiros são predominantemente inacessíveis para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, posto que não foram planejados para atender à todos que necessitam de atendimentos quando precisam recorrer aos serviços de diagnóstico, cuidado e tratamento em nível ambulatorial ou de internação, nada obstante a existência de...
  • A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) divulgou no dia 09/01/17 uma atualização de alerta epidemiológico sobre febre amarela para a Região das Américas. O documento informa que, desde 2016, Brasil, Colômbia e Peru reportaram casos confirmados da doença. A febre amarela é uma enfermidade hemorrágica viral aguda transmitida por...
  • Os protocolos têm como foco na prática clínica e a gestão do cuidado, auxiliando na escolha do tratamento mais qualificado, além da organização dos serviços de saúde. É um importante instrumento de consulta dos profissionais da área. Em dezembro, o "Protocolo de Atenção à Saúde da Criança no âmbito da Atenção Básica" e o "Protocolo de Atenção as Doenças Crônicas Não...
  • Olá!   Convidamos todos e todas para a reunião de articulação da Pré-Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde no dia 30 de janeiro de 2017, às 9:30h no Instituto de Saúde, Rua Santo Antonio, 590, Bela Vista, São Paulo/SP.   A reunião de articulação é resultado dos arranjos e combinados da oficina preparatória realizada no dia 01/12/...
  • HUMANIZAÇÃO NO SETOR DE RADIOLOGIA: um relato de experiência Iago Estéfano Brito da Silva[1] Valdetrudes Paz Junior [2]   (Resumo) O relato traz as reflexões que a experiência do estágio supervisionado obrigatório oportunizou vivenciar em 208 exames realizados, durante aproximadamente três meses no setor de Radiologia em um Hospital no interior do Rio Grande do Norte...
  • Férias! O que é para ser um ótimo momento em família pode se tornar um período de sustos e preocupações. Segundo especialistas, a casa é o local onde as crianças correm mais riscos. Para alertar pais e jovens, o Polo de Jogos e Saúde, do Multimeios/Icict/Fiocruz e o Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas – Sinitox/Fiocruz transformaram em algo lúdico a campanha...
  • Curso gratuito. Só estou divulgando. Veja informações e faça inscrição nesse e em outros cursos no site www.unasus.gov.br
  • Nos últimos anos, o grande esforço do movimento de educação popular em saúde tem se concentrado na formulação da Política Nacional de Educação Popular em Saúde (PNEP-SUS), aprovada em 2013, e nas ações sucessivas para sua implementação. No entanto, para pensadores do segmento como Eymard Mourão Vasconcelos, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), houve um efeito colateral...
Use os filtros para refinar sua busca e encontrar resultados mais relevantes

Anne Rafaele Telmira Santos is offline
5votos

A Carta dos Direitos dos Usuários do SUS e os Princípios de Yogyakarta

Boa noite! Sou psicóloga residente do Programa de Residência Multiprofissional de Saúde da Universidade Federal de Alagoas, hoje, venho trazer algumas questões para nós refletirmos sobre a Carta dos Direitos dos Usuários do SUS. 


LEôNIA MARINA AZEVEDO DE OLIVEIRA is offline
6votos

Produção de autonomia do usuário nos serviços de saúde: Um olhar sob a perspectiva da corresponsabilização, Protagonismo e Humanização

A partir do estabelecimento da Política Nacional de Humanização, estrutura-se enquanto princípio norteador das ações de atenção e gestão do Sistema Único de Saúde a autonomia e o protagonismo dos sujeitos e coletivos que dele participam, estimulando a participação dos sujeitos, não somente na construção de mudanças nos modos de gerir, como também incitando sua corresponsabilização no enfrentamento de práticas que inibem a autonomia no cuidado de si.


Aline Emílio da Mota Silveira is offline
6votos

Conhecer, reconhecer e compartilhar nossos direitos!

Dentre os nossos direitos existem aqueles que circulam de maneira recorrente e já os conhecemos bem. Há outros, no entanto, que devemos pesquisar para nos manter informados/as. Nesse sentido, uma leitura sobre o tema permite-nos conhecer nossos direitos, reconhecer aqueles que já sabemos – mas que às vezes foge de nossa memória - e, é importante compartilhar, para que assim o conhecimento alcance o maior número de pessoas.


Emilia Alves de Sousa is offline
6votos

1ª Oficina de Sensibilização da Política Nacional de Saúde Integral da População LGBT

A Secretaria Estadual da Saúde do Piauí realizou no Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela-IDTNP, a 1ª Oficina de Sensibilização da Política Nacional de Saúde Integral da População LGBT, envolvendo 46 trabalhadores do IDTNP, das categorias de Auxiliar de Laboratório, Enfermeiro, Assistente Social, Escriturário, Técnico de Enfermagem, Telefonista, Farmacêutico, Psicólogo, Nutricionista, Auxiliar de Serviços Gerais, Médico, Auxiliar Administrativo e Laboratorista.


Zuckerllan Bernadelli is offline
5votos

Humanização:Partos humanizados e ambiência hospitalar no município de Campo Alegre -AL.

Embasado nas políticas de humanização do parto,a direção médica do hospital de Campo Alegre , Coordenação de Enfermagem e Recursos Humanos da unidade,foi inserida diversas mudanças significativas para a satisfação das gestantes e parturientes que visitam mensalmente a sala de pré-parto,parto e pós parto.Dentre as diretrizes da rede Cegonha.


Telma Amaral is offline
7votos

Dialogando: SUS e academia

 

O Coletivo Ampliado de Humanização do Amazonas, formado por trabalhadores da saúde da esfera estadual e municipal, de forma não institucionalizada desde 2009, desenvolve suas atividades no sentido de contribuir para o aperfeiçoamento do SUS, apoiando e incentivando a formulação, implantação e a implementação de projetos voltados à humanização nos serviços de saúde, visando alterar o modo tradicional com que habitualmente se constroem as relações entre as instâncias que compõem o SUS.


Anderson Luís Pires Silveira is offline
6votos

O que 2017 espera de nós?

O ano de 2016 deixou muitas marcas em nossa memória. Tais feridas, que ainda cicatrizam, deram-se em função das múltiplas pedras que foram impostas ao nosso caminho. Sejam elas na forma de desastres ou de acidentes, sejam elas representadas pelos nossos embates existenciais, por exemplo. Entretanto, mesmo carregando as marcas, deixadas pelo ano de 2016, e não sabendo da totalidade do que nos aguarda em 2017, é imprescindível a adoção de uma postura otimista diante dos acontecimentos que estão por vir.


marcela da costa is offline
7votos

Participação no 2. seminario de conectividade do MS

Ao acessar o Blog do Ministério, vi a oportunidade de demonstrar a prática do sistema E-SUS AB, pois foi aberta a seleção de projetos que seriam realizada apresentação no 2º Seminário de Conectividade. Foram convidados "empresas, associações, startups e pessoas físicas que queiram propor à pasta soluções inovadoras em Tecnologia da Informação para aperfeiçoar os sistemas da rede pública de saúde ".


Lohanne Nascimento is offline
6votos

Atenção Básica e Estratégia Saúde da Família

A Atenção Básica pode ser entendida como o primeiro nível de atenção, no qual são desenvolvidos ações e serviços voltados para a comunidade no âmbito individual e coletivo, possibilitando o acesso, resolubilidade e garantindo os princípios de universalidade, integralidade, equidade da atenção e participação da comunidade.


ANA RAMAN is offline
11votos

SEMSA/MANAUS REALIZA A "I MOSTRA DE VIVÊNCIAS NO SUS".

I MOSTRA DE VIVÊNCIAS NO SUS: O SABER-FAZER TRANSFORMADOR NA FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

APRESENTAÇÃO

A educação dos profissionais de saúde deve ser entendida como processo permanente na vida profissional, mediante o estabelecimento de relações de parceria entre as instituições de educação, a gestão e os serviços de saúde, a comunidade, as entidades e outros setores da sociedade civil.