Humanização do parto

Evangelina Rosa abre Centro de Parto Normal

Na quinta-feira (18) será aberto na Maternidade Dona Evangelina Rosa, da rede pública estadual, em Teresina, o Centro de Parto Normal intra-hospitalar, possibilitando o direito à gestante de parir de forma natural.

O espaço dispõe de 5 apartamentos com uma mini UTI em cada um, e atenderá mulheres com baixa e ou com nenhuma complexidade, garantindo um parto e nascimento humanizado, com protagonismo da parturiente. Um atendimento 100% SUS.

"Um lugar especial para o casal grávido receber seu bebê", informa a Psicóloga Clara Nolêto.

27 e 28/11: transmissão on line do II Forum sobre violência contra a mulher: Múltiplos atores

Nos dias 27 e 28 de novembro de 2014, a Rede HumanizaSUS (RHS) fará a transmissão on line, do II Fórum sobre Violência Contra a Mulher, realizado em Campinas, no Centro de Convênções da Unicamp.

A transmissão será realizada na sala de eventos da RHS, pelo link:

http://www.redehumanizasus.net/13180-sala-de-eventos-rhs

O II Fórum é uma realização que envolve instituições de ensino, movimentos sociais, instituições assistenciais e núcleos de estudo, contribuindo a partir de diferentes perspectivas para a reflexão e a transformação do cenário de violência contra as mulheres. A programação, está imperdível! Confira a baixo.

Para inscrições e maiores informações acesse: 

http://www.gr.unicamp.br/penses/II-forum_mulheres/home.html

Marcha pela humanização do parto

Teresina se prepara para sediar a Marcha pela Humanizado do Parto. O evento acontecerá no dia 29 de novembro, e tem como objetivo sensibilizar as mulheres e a sociedade como um todo para a importância do parto natural.

A marcha será realizada  no horário das 16h30, partindo da Ponte Estaiada, até a Poticabana, e contará com o apoio do Ministério da Saúde, e  de diversas entidades da esfera pública e privada.

"É um movimento a favor da vida". Informa Clara Nolêto, apoiadora da Rede Cegonha no estado do Piaui, um programa do Ministério da Saúde para reduzir as taxas de mortalidade materna e infantil.

Humanização do parto começa no pré-natal com informação!

Após assistirmos o documentário O Renascimento do parto com as enfermeiras da ESF houve uma roda de conversa sobre as vivências de cada profissional, as dificuldades e o acesso aos serviços que prestam atendimento a parturiente. Falamos sobre a humanização do pré-natal, e que é nesse atendimento que nós podemos fazer a diferença na vida de cada mulher, e não usar como obstáculo o atendimento que é oferecido a parturiente.

Projeto Sentido do Nascer

Foto: Catarina Maruaia/Naiá Coletivo Criativo

UFMG dá início ao projeto Sentidos do nascer, que divulga e incentiva a redução de cesarianas.

Reproduzo aqui a publicação do Boletim da UFMG de Ewerton Martins Ribeiro.

https://www.ufmg.br/boletim/bol1874/4.shtml

Doadoras do bem

Algumas culpam as alterações hormonais, outras alegam questões psicológicas, mas o fato é que as mulheres, quando grávidas, ficam ainda mais sensíveis. É um momento de grande expectativa e ansiedade.

Por isso mesmo, é fundamental que o atendimento a elas na rede pública de saúde, através do SUS, seja feito com a devida atenção que elas tanto precisam.

Participe de debate online sobre os Fóruns Perinatais

 

O Ministério da Saúde, por meio da Política Nacional de Humanização e da Coordenação Geral de Saúde das Mulheres, convida a todos os usuários, gestores, trabalhadores, pesquisadores, movimentos sociais, organizações não governamentais e interessados no tema do Parto e Nascimento para conhecer diferentes experiências de Fóruns Perinatais pelo Brasil. 

Os fóruns são espaço de gestão compartilhada entre diferentes instituições como Ministério Público, maternidades, centros de saúde, usuários, entre outros, nos quais é possível compreender mais sobre a dinâmica que envolve a gestação, parto e nascimento e as articulações necessárias na rede de cuidado. 

Para participar, acesse o site do DataSUS :  http://datasus.saude.gov.br/emtemporeal 

Núcleo Técnico da PNH comemora a chegada do Caderno HumanizaSUS: "Humanização do Parto e Nascimento".

O volume 4 do caderno HumanizaSUS, com o tema:"Humanização do Parto e Nascimento", chega em sua versão impressa e é muito bem recebido pelos apoiadores da Política Nacional de Humanização(PNH).

Confira aqui a versão online que traz a publicação na íntegra.

Pau dos Ferros-RN sediou I Fórum de Humanização da 6ª Região de Saúde

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Foi realizada na manhã desta quarta-feira, 09, no auditório da VI Ursap, em Pau dos Ferros, o I Fórum de Humanização da 6ª Região de Saúde. O gerente da Unidade Regional, Temístocles Maia, fez a abertura oficial destacando a importância do evento para os profissionais de saúde que, no desempenho de suas funções, buscam, a cada dia, tratar os pacientes de forma mais humanizada - com atenção especial à gestão no parto e nascimento.

Avaliação em atendimento em maternidades

Boa noite,Essa é uma pesquisa de cunho acadêmico, que tem por objetivo pesquisar sobre as possibilidades de se ter qualidade no atendimento em maternidades públicas, e para isso, pretende-se investigar o atendimento e serviços prestados pelos profissionais atuantes nas Unidades de Saúde que prestam serviços de maternidades no Brasil, tanto pública quanto privada, fazendo assim um comparativo e análise de como estão sendo realizados os atendimentos.
Aluna Responsável: Carla Cunha
Professora Orientadora: Cintia Ramalho Caetano da Silva

Bom gostaria de pedir a ajuda das mamães de plantão, e envolvidas na causa de uma melhor qualidade em atendimentos em maternidade, colaborassem com minha pesquisa.

Divulgar conteúdo