CNS publica relatório da 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde

Primary tabs


6votos

CNS publica relatório da 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde

deboraligieri is offline
A 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde (1ªCNLCS) foi aprovada, no dia 27 de janeiro de 2017, pelo Plenário do Conselho Nacional de Saúde (CNS) durante sua 289ª Reunião Ordinária, por meio da Resolução Nº 540/2017 e realizada entre os dias 18 e 20 de abril do mesmo ano com o objetivo central de “Discutir a democratização do acesso da população às informações sobre saúde”, nas dependências do Centro Internacional de Convenções do Brasil – CICB na cidade de Brasília-DF. O evento reuniu 489 participantes, entre usuários, trabalhadores, gestores e pesquisadores da saúde, comunicadores, conselheiros de saúde, e ativistas.
 
Confira a síntese dos debates, propostas e encaminhamentos deste potente encontro no Relatório Final publicado pelo Conselho Nacional de Saúde, acessível no seguinte link: 
 
 

 2 COMENTÁRIOS

Raphael is offline

Oi Débora, 

Muito legal que o relatório já esteja disponível não é mesmo.

E de certa forma você que trouxe a primeira notícia dessa conferência por aqui, conseguiu fechar este ciclo.

Obrigado por me ajudar a fazer parte dessa história, agora nos resta continuar e lutar para que a comunicação em saúde cresça em defesa do SUS!

Até qualquer dia.

Raphael

maria cristina horta vilar is offline

A RHS é essencial como comunicação livre em saúde!  As concessões públicas (metrô, TV etc) tem o dever de divulgar!

Últimos posts promovidos


Dayane Ferreira de Melo is offline
6votos

Fortaleza receberá evento sobre doenças reumáticas em pessoas jovens

Jovens cearenses que convivem com doenças reumáticas poderão se encontrar em evento exclusivo no próximo dia 19 em Fortaleza

Últimos posts comentados


Raquel Torres Gurgel is offline
3votos

Dá pra ter uma mostra Saúde É Meu Lugar na sua cidade.

Há três ou quatro meses, divulgamos aqui a Mostra Saúde É Meu Lugar – um projeto da Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública que busca dar visibilidade ao trabalho de quem atua na Atenção Básica, nos territórios.