Conferência Municipal de Saúde de Passos Minas Gerais.

Primary tabs


6votos

Conferência Municipal de Saúde de Passos Minas Gerais.

Angela Vaz7 is offline

Em defesa do SUS estamos já preparando a nossa conferência municipal de saúde de Passos Minas Gerais.

13/04/2017 06h00 - Atualizado em 12/04/2017

O SUS é nosso é tema de conferência

 
PASSOS - A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Passos, o Conselho Municipal de Saúde e as comissões de representantes da sociedade civil concluíram as últimas definições para a realização da Conferência Municipal de Saúde, que será realizada no dia 27 de maio de 2017, às 8h, na Câmara Municipal de Passos.
 
O objetivo da Conferência Municipal de Saúde é apresentar à Comissão Organizadora das Etapas Estaduais das Conferências de Vigilância em Saúde e Saúde da Mulher, as propostas prioritárias para o fortalecimento dos programas e ações de cada eixo discutido. No encontro municipal, também serão eleitos os delegados e suplentes que participarão da conferência estadual em Vigilância em Saúde programada para acontecer entre os dias 28 e 30 de setembro.
 
O plano de ações da conferência foi apresentado à imprensa local durante encontro no dia 29 de março. A Secretária de Saúde, Elexandra Helena Bernardes, explanou que o processo deve se iniciar a partir de um momento descentralizado de discussão. Para isso, serão realizadas pré-conferências em diferentes bairros de Passos, quando serão formados grupos de trabalho para discutir cada eixo a ser tratado na conferência municipal: Eixo 1 - Vigilância em Saúde: Direito, Conquistas e Defesa de um SUS público de qualidade; Eixo 2 - Participação Social no fortalecimento da Vigilância em Saúde; Eixo 3 - Políticas públicas para a mulher e a participação social; Eixo 4 - Atenção Primária à Saúde: Acesso e qualidade; Eixo 5: Acolhimento e Humanização da Saúde; Eixo 6: Redes de Atenção à Saúde: Estrutura, Apoio e Logística.
 
“Os encontros nos bairros têm o propósito de fazer uma escuta da população acerca dos processos e serviços de Saúde”, afirmou Elexandra Bernardes. A secretária explicou que em cada pré-conferência também serão eleitos representantes dos bairros para participar da conferência municipal, que por sua vez elegerá delegados para representar Passos na etapa estadual. A delegação que representará o município deverá ser composta por 50% de membros da população, 25% de membros dos trabalhadores da Saúde, e 25% de representantes da gestão municipal e prestadores de serviços de Saúde.
 
Durante o encontro com a imprensa, a vereadora Maria Aparecida dos Reis Jerônimo, Dona Cida, ressaltou a importância de ter no país um sistema público e universal de saúde, o que segundo a vereadora “é uma conquista dos brasileiros e brasileiras e deve ser valorizado, aprimorado, corrigindo as falhas e que para isso é essencial que a população participe ativamente dos processos de gestão de saúde dos quais a população é a grande beneficiada”.
 
Também presentes no encontro com a imprensa, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Ângela Vaz, e o presidente da União das Associações de Bairros de Passos, Dione José de Paula, apontaram que o município vive uma oportunidade de diálogo para a melhoria dos serviços públicos. Segundo eles, A prefeitura tem mantido abertura para acolher as opiniões e reivindicações da comunidade.
 
Foram ressaltadas outras questões que contribuem para a saúde da população, como a busca de ampliação do saneamento básico do município, e uma política de segurança alimentar,  que é uma das prioridades da Prefeitura de Passos, por meio da reabertura do Restaurante Popular, dando acesso a uma alimentação saudável em condições acessíveis, combatendo os índices de desnutrição da população.
 
A Secretaria de Saúde e as comissões de organização da Conferência Municipal de Saúde convidam as associações de bairro para mobilizar a população para que possam comparecer às pré-conferências, apresentando e debatendo propostas para a Saúde no município. A seguir, as datas e locais das pré-conferências
 
 

 

 2 COMENTÁRIOS

Emilia Alves de Sousa is offline

Oi Ângela,

Sentimos muito a sua ausência aqui na Rede, e que bom que voltou trazendo essa postagem importante sobre a Conferência Municipal de Saúde de Passos! Muito bacana a proposta das pré-conferências possibilitando a escuta da população sobre os serviços de saúde, ampliando assim a participação popular o controle social na saúde.

Estão de parabéns os gestores, trabalhadores e a população de um modo geral!

AbraSUS!

Emília

Angela Vaz7 is offline

Obrigada Emília,e para chegar até onde está sendo construindo não foi facil.

A nossa luta foi essa,fazer que cada um dos seguimento tem seu papel,porém a luta maior são os usuários,trabalhadores e gestores.

Está sendo a conferência municipal de saúde onde todos estão nesta construição.Aos poucos vamos dar toda cobertura.

Estava com saudade tb e abraços a todos e a toda.

Angela O SUS é de todos e de todas.

Últimos posts promovidos


Raphael Henrique Travia is offline
5votos

"Nós" da RedeHumanizaSUS fazendo história na 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde

No dia 19.04.2016 fiz logo cedo o credenciamento da 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde para poder escolher as mesas das quais iria participar.

Últimos posts comentados


cleusapavan is offline
10votos

PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADE: COMO ANDA O IMAGINÁRIO SOCIAL DA PERIFERIA DE SÃO PAULO

Quem trabalha ou se interessa pela temática da produção de subjetividade no contemporâneo, mais especificamente, no Brasil de 2017, vai encontrar dados muito instigantes na pesquisa recém saída do forno da Fundação Perseu Abramo: “Percepções e valores políticos nas periferias de São Paulo”.

Trata-se de uma pesquisa qualitativa em que, com categorias originais, nos aproximamos de uma construção analítica passível de nos surpreender imensamente.