Corais encantam pacientes, acompanhantes e colaboradores do Hospital regional São Paulo

Primary tabs


5votos

Corais encantam pacientes, acompanhantes e colaboradores do Hospital regional São Paulo

Clarissa Orsatto Spagnol is offline

A música está sempre presente em todos os momentos da vida. E mais do que embalar doces lembranças, ela traz muitos benefícios para o corpo e a mente. A música reage de forma positiva no cérebro, diminui o estresse e reforça o sistema imunológico, reduzindo os sentimentos de ansiedade, solidão, e depressão, males que atingem a sociedade moderna.

Pensando nisso durante este mês de dezembro, diversos grupos de Cantos, Corais e integrantes de igrejas e comunidades de Xanxerê e, neste ano também de Faxinal dos Guedes, realizam visitas no Hospital Regional São Paulo. Os grupos passam pelos corredores das unidades de internação, recepção e emergência, levando momentos de alegria, reflexão e oração junto aos pacientes, acompanhantes e colaboradores.

Os membros do Grupo de Espiritualidade do HRSP, acolhem e acompanham cada grupo que chega ao Hospital. A Agente de Pastoral e Coordenadora do Grupo de Espiritualidade do HRSP, Simone Menegaz Pavi, observa a importância da participação da comunidade junto ao Hospital, levando a música, a alegria e esperança aos pacientes e colaboradores: “São momentos gratificantes para todos, pois sentimos o espirito do nascimento do menino Jesus florando em nossos corações. A participação dos grupos é de uma importância grandiosa para todos e, de modo especial, para nossos pacientes, que na grande maioria estão fragilizados pela doença e há vários dias hospitalizados, longe de casa e de seus familiares. As visitas destes grupos amenizam a dor, a angustia e a saudade. Podemos ver e sentir a emoção, refletida no olhar no sorriso e até naquela lagrima derramada. Em nome do grupo de espiritualidade e do HRSP, agradeço a cada um dos grupos que participaram deste momento, dedicando seu tempo com carinho e amor, na atitude de servir ao próximo”, conclui a Simone.

Para a Diretora geral do Hospital, Ir. Neusa L. Luiz, o Natal é momento de maior sensibilidade e de apelo à solidariedade para com os que sofrem, por isso a visita dessas equipes é de fundamental importância: “O período de advento e Natal é muito lindo e nos despertam sentimentos de alegria, amor e compaixão. Ficamos mais sensíveis, principalmente quando a doença aparece e leva à internação hospitalar. Muitos pacientes se encontram física e emocionalmente fragilizados. Nossas equipes de espiritualidade e humanização, têm buscado fazer com que este momento de internação seja o menos traumático possível, por isso, com ajuda da comunidade buscam proporcionar momentos de descontração, oração, reflexão, alegria e esperança. Em nome da direção agradeço e parabenizo as equipes do HRSP, pela coordenação deste trabalho e aos 17 grupos e corais que marcaram presença nestes dias, bem como, todas as equipes dos mais diversos projetos que semanalmente marcam presença em nosso hospital. Muitas bênçãos e desejos de Feliz Natal a todos”, finaliza a diretora.

A visita dos grupos de cantos e corais iniciou no dia 30/11/16, e se estende até a semana do natal no Hospital Regional São Paulo – ASSEC.

 0 COMENTÁRIOS

Últimos posts promovidos


Nilciany Camargo is offline
8votos

Atenção Domiciliar - Tire suas dúvidas AO VIVO • 24/03 • 10h e 14h

O Formação em Debate desta sexta-feira (24/03) vai falar sobre Atenção Domiciliar com a participação da Dra. Fernanda de Carvalho Affonso, Supervisora Médica do Programa Melhor em Casa do Hospital São Luiz Gonzaga – Santa Casa de São Paulo.

A transmissão é pelo Canal Profissional, nas TVs das Unidade de Saúde do município de São Paulo em dois horários: às 10h e às 14h.

Últimos posts comentados


Emilia Alves de Sousa is offline
0votos

MS e UFMG promovem curso EAD sobre Atenção à Mulher em Situação de Violência

Imagem de Sebastião Moreira

Estão abertas até o dia 6 de abril próximo as inscrições para o curso de extensão “Atenção à Mulher em Situação de Violência” - modalidade Ensino à Distância (EAD). O treinamento é promovido pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por meio do projeto Para Elas, desenvolvido em parceria com a Coordenação Geral de Saúde das Mulheres (Dapes/SAS), do Ministério da Saúde (MS). O objetivo é capacitar profissionais para a abordagem da mulher em situação de violência.