Política Nacional de Humanização: Acolhimento

Primary tabs


8votos

Política Nacional de Humanização: Acolhimento

Wando Francisco de Andrade Júnior is offline

A Política Nacional de Humanização, lançada em 2003, tem como objetivo melhorar os atendimentos oferecidos em serviços de saúde, pondo em prática os princípios da universalidade, integralidade e equidade. Tal política visa promover maior diálogo entre os participantes do SUS (profissionais, usuários, gestores), e estabelecimento de relações mais horizontais e humanizadas.

Ao chegar em um serviço de saúde, a primeira etapa para termos acesso é o acolhimento, que a política traz como o reconhecimento de que o próximo tem uma necessidade de saúde que precisa ser solucionada, e por trás da queixa existe um cidadão com ciclos sociais e necessidades que podem corroborar para a situação daquela pessoa. Através do diálogo, que é uma peça fundamental no processo de humanização do atendimento, será estabelecido um vínculo, que a medida que ele for sendo fortalecido, melhor será a abertura do usuário para dar sinais sobre o que pode estar causando aquela necessidade de saúde.

Nesse sentido, surge a necessidade de aprimoramento dos prestadores de serviços do SUS, para que o processo de acolher seja qualificado. Assim sendo, é oportuno que a escuta se fundamente não apenas no habitual queixa conduta, mas sim buscar ir além, se possível observar os Determinantes Sociais que aquela pessoa possui, para uma melhor intervenção e resolutibilidade das necessidades de saúde da população.

E então HumanizaSUS, como podemos melhorar o acolhimento dentro do nosso sistema de saúde ?

 

 0 COMENTÁRIOS

Últimos posts promovidos


Nilciany Camargo is offline
8votos

Atenção Domiciliar - Tire suas dúvidas AO VIVO • 24/03 • 10h e 14h

O Formação em Debate desta sexta-feira (24/03) vai falar sobre Atenção Domiciliar com a participação da Dra. Fernanda de Carvalho Affonso, Supervisora Médica do Programa Melhor em Casa do Hospital São Luiz Gonzaga – Santa Casa de São Paulo.

A transmissão é pelo Canal Profissional, nas TVs das Unidade de Saúde do município de São Paulo em dois horários: às 10h e às 14h.

Últimos posts comentados


Emilia Alves de Sousa is offline
0votos

MS e UFMG promovem curso EAD sobre Atenção à Mulher em Situação de Violência

Imagem de Sebastião Moreira

Estão abertas até o dia 6 de abril próximo as inscrições para o curso de extensão “Atenção à Mulher em Situação de Violência” - modalidade Ensino à Distância (EAD). O treinamento é promovido pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por meio do projeto Para Elas, desenvolvido em parceria com a Coordenação Geral de Saúde das Mulheres (Dapes/SAS), do Ministério da Saúde (MS). O objetivo é capacitar profissionais para a abordagem da mulher em situação de violência.