Acervo Digital Nacional de Humanização

Primary tabs

Caderno HumanizaSUS - Humanização do Parto e do Nascimento - Vol. 4

5

Média: 5 (3 votes)

1 arquivo avaliação
Ano: 
2014
Documento: 
Cartilhas HumanizaSUS
Número de páginas: 
467
Edição: 
1ª edição
Autoria: 
Ministério da Saúde, Universidade Estadual do Ceará, Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS
Sinopse: 

A escolha do tema da humanização do parto e do nascimento para o quarto volume dos Cadernos HumanizaSUS tem a finalidade de seguir publicizando experiências de apoio em humanização Brasil a fora, na medida em que elas são consideradas e reconhecidas como componentes do rol das experimentações de um “SUS que dá certo”. Neste número em específico, o objetivo é apresentar percursos de apoiadoras/es institucionais de 26 maternidades que trabalharam no Plano de Qualificação de Maternidades e Redes Perinatais da Amazônia Legal e Nordeste Brasileiros (PQM)  entre 2009 e 2011. O Plano serviu de baliza para a concepção do processo de trabalho da Rede Cegonha (RC), que foi lançada em 2011 pelo governo federal, configurando-se como uma rede de cuidados que visa assegurar à mulher e à criança, o direito à atenção humanizada durante o pré-natal, parto/nascimento, puerpério e atenção infantil em todos os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS). Em outros termos, com o funcionamento do PQM e posteriormente da RC, buscou-se – e ainda se busca – criar condições políticas, institucionais e técnicas para mudanças de processos de trabalho, tendo em vista a qualificação da gestão e da atenção materna e infantil, a humanização do cuidado, a garantia de direitos das/dos usuárias/os e a redução das taxas de mortalidade infantil (neonatal) e materna. Os artigos, os depoimentos e as entrevistas que compõem esse volume pretendem, pois, dar visibilidade a experimentações no bojo do Plano de Qualificação de Maternidades/Rede Cegonha, que tem se incluído no movimento pela humanização do parto e do nascimento aoagregar forças e formas de ação diversas na luta pela cidadania de mulheres, de crianças e de suas famílias, experimentando e ousando exercitar o direito à saúde que não se conquiste pela sujeição a formas de ação nem a uma forma-mulher prescrita. Os relatos e os artigos a seguir trazem experiências concretas do(no) SUS, a voz e o silêncio que não quer calar de atores/atrizes e autores(as) que produziram o PQM e estão produzindo a Rede Cegonha. O Caderno aborda a ampla discussão sobre a humanização do parto e do nascimento, perpassando por vários aspectos dessa temática como as experiências de Apoio Institucional, de seu Acompanhamento Avaliativo, de acolhimento (em rede) a mulheres e crianças, de garantia do acesso com qualidade, de práticas democráticas na gestão e no cuidado ao parto e ao nascimento.

Tipo de Itens do Acervo: 
Publicação

 0 COMENTÁRIOS