Projeto "Posso Ajudar" Uma Estratégia de Humanização e Acolhimento nas portas de entrada do HUCAM.

Primary tabs


13votos

Projeto "Posso Ajudar" Uma Estratégia de Humanização e Acolhimento nas portas de entrada do HUCAM.

CTHHUCAM is offline

O que é?

O “Posso Ajudar” é um projeto que tem a função de fornecer informações e orientações sobre os serviços prestados pelo Hucam aos seus usuários, como marcação de exames e consultas; ajudar a encontrar o setor que estão procurando; auxiliar em campanhas educativas e multirões.

Desenvolver atividades de entretenimento com os pacientes que estão esperando o atendimento e orientar o fluxo dos usuários nas dependências do hospital para que ele possa funcionar da maneira mais eficaz possível.
 
O trabalho é realizado por voluntários, estudantes, aposentados, servidores da Ufes e também de outras instituições, basta se disponibilizar.

Como funciona?

Nas recepções do hospital e nos corredores dos ambulatórios ficam os colaboradores com o colete “Posso Ajudar?”, acolhendo os usuários e servidores, encaminhando-os até os serviços/setores procurados e prestando
demais contribuições quando necessário.


Resultados

  • Acolhimento sensível e cuidadoso.
  • Melhora do fluxo de usuários no hospital.
  • Valorização de servidor que está em reabilitação funcional.
  • Interatividade de estudantes de diversos
  • cursos com usuários e trabalhadores do HUCAM.

banner_posso_ajudar.jpg
012.jpg
065.jpg
005_3.jpg
018_2.jpg
001_2.jpg
015_2.jpg
006_3.jpg
009_3.jpg

 

 0 COMENTÁRIOS

Últimos posts promovidos


Raquel Torres Gurgel is offline
7votos

Dá pra ter uma mostra Saúde É Meu Lugar na sua cidade.

Há três ou quatro meses, divulgamos aqui a Mostra Saúde É Meu Lugar – um projeto da Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública que busca dar visibilidade ao trabalho de quem atua na Atenção Básica, nos territórios.

Últimos posts comentados


Ronaldo Rodrigues is offline
6votos

O diabetes não define minha Vida

Início esse texto retratando a minha luta de ativista aqui no meu estado, como todos meus leitores são sabedores tenho Diabetes Tipo I desde o ano de 2012.

O ano de 2012 marcou minha história ou melhor minha vida, quem sabe para melhor. Assim me fez torna-se uma pessoa diferente e que não passaria a olhar apenas para me mesmo e sim ampliar esse olhar e buscar ajudar a outros jovens e crianças com o meu mesmo diagnostico.