Educação Continuada Agentes Comunitários de Saúde

Versão para impressãoSend by emailPDF version

A Secretaria de Saúde, por meio do Programa de Kit Medicamento, iniciou o processo de educação continuada dos 120 agentes comunitários sobre uso racional de medicamentos para hipertensão arterial e diabetes.

O trabalho começou com 13 agentes da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim João de Vasconcellos e segue no CIS do Nova Veneza. Esta atividade estava suspensa há mais de 3 anos no município. O reforço acontece em paralelo à regularização do fornecimento dos Kits Medicamentos a Insulinos Dependentes.

O programa entregou 5.913 kits completos nas 23 unidades de saúde do município na última semana. Foram 2.604 kits de medicamentos, 3.217 kits de insulina e 92 glicosímetros. “Conseguimos regularizar já neste semestre a distribuição dos kits para toda rede, algo que não vinha acontecendo desde o ano passado.Vamos agora reforçar o treinamento dos agentes comunitários que têm um papel importante no acolhimento desta população acometida por diabetes e hipertensão. Nossa missão é aumentar a cobertura deste atendimento nos próximos anos”, destacou a secretária de Saúde, Tânia Pupo.

A gerente do Programa Kit Medicamento, Silvia Costa, explica que a população de hipertensos e de diabéticos tem aumentado em virtude do aumento da expectativa de vida das pessoas. Os idosos são o grupo mais atingido pelas doenças crônicas, contudo, a especialista aponta uma demanda crescente de jovens portadores de algum transtorno. “Este programa existe em Sumaré há sete anos e estamos requalificando os nossos agentes. O nosso objetivo é que eles compreendam os aspectos das doenças crônicas, as técnicas de manipulação dos medicamentos para realizarem um trabalho humanizado”,
frisou Silvia.

A atividade de qualificação é realizada com usos de apostilas, apresentação de slides onde são abordados temas como Doenças Crônicas Não Transmissíveis, Envelhecimentp, Hipertensão, Diabetes, Obesidade e Uso Racional de Medicamentos.

A prefeita Cristina Carrara realça que a principal meta do programa a partir de agora é atingir o maior número possível de pessoas que são portadores de doenças crônicas e também realizar um bom trabalho de orientação e prevenção com ajuda dos agentes comunitários de saúde.

Fonte: DA REDAÇÃO | Sumaré
tribunaliberal@tribunaliberal.com.br

AnexoTamanho
blog_1.jpg31.38 KB
 

Comentários [6]

capacitação e ação!

É sempre bom saber de notícias de municípios que investem na capacitação de seus profissionais,de acordo com as necessidades do SUS. A função de acolhimento por parte dos ACS é fundamental em projetos como esse.

Fiquei em dúvida, no entanto no papel do médico, na avaliação e no acompanhamento nos usuários que recebem esses kits medicamentos... Os kits e seus modos de uso são padronizados ou individuais? ou que recebe os kits são as unidades que por sua vez administram o tratamento conforme a necessidade individual?

bjos

Sabrina

 

Capacitação dos Agentes Comunitários

Boa tarde Sabrina,

Os kits medicamentos são individuais e entregues nas residências dos pacientes mensalmente, a equipe multidisciplinar da Unidade de Saúde faz o acompanhamento de todos os cadastrados.

A terapêutica é verificada mês a mês, inclusive os casos de não adesão (os pacientes guardam os medicamentos e não usam)..ou idosos que não tem cuidadores e não entendem o uso de medicamentos.

Nosso foco são principalmente os idosos já que em sua maioria tem a doença crônica e muitas vezes apresentam as maiores dificuldades durante a terapêutica.

Fiquei muito agradecida com seu comentário!

Abraços!

Sílvia S. Costa

 

a formação dos agentes comunitários também é um cuidado

que vai reverberar pelo território.

Capacitação dos Agentes Comunitários

Grata pelo comentário Iza.

Abraço.

Sílvia

PARABENS

Bela iniciativa...

Capacitação dos Agentes Comunitários

Obrigada Éder !!

Abraço,

Sílvia