Política Nacional de Atenção Hospitalar é lançada para consulta pública


16votos

Política Nacional de Atenção Hospitalar é lançada para consulta pública

Mariella is offline

 

Para  estruturar o monitoramento e avaliação da qualidade dos serviços que são realizados nos hospitais, o Ministério da Saúde lançou a Política Nacional de Atenção Hospitalar (PNHOSP), que vai  estabelecer diretrizes e normas para organização dos serviços de saúde e reestruturar dos já existentes.

 

A Política reformula o atual modelo de gestão e atenção hospitalar no SUS, a definição e classificação dos estabelecimentos, os mecanismos de articulação entre os hospitais e os demais pontos de atenção da Rede de Atenção à Saúde (RAS), além das competências de cada esfera – municipal, estadual e federal – de gestão no processo de reorganização, execução e acompanhamento da Política no SUS.

 

As novas regras estão disponíveis para consulta pública desde a última segunda – feira 5 de novembro, no Diário Oficial da União.Gestores, trabalhadores, especialistas e sociedade podem opinar sobre as propostas apresentadas e sugestões devem ser encaminhadas para o endereço cghosp@saude.gov.br até 30 (trinta) dias a contar da data de publicação da Consulta Pública, As contribuições deverão ser fundamentadas, inclusive com material científico que dê suporte às proposições. 

O Brasil possui 5.664 hospitais no âmbito do SUS, e  3.297 deles têm de 1 a 50 leitos. Após publicação da portaria, esses hospitais terão um prazo de três anos para se adequar ou mudar seu perfil assistencial, transformando-se, por exemplo, em uma UPA, Centro de Especialidades, Hospital-dia, dependendo das necessidades do território.


Com a Política, os hospitais serão inseridos na Rede de Atenção à Saúde (RAS) para assegurar a continuidade do cuidado antes e depois da internação, proporcionando retaguarda de leitos, atendimentos de urgência e emergência e cirurgias de forma articulada com a atenção básica, Unidades de Pronto Atendimento ( UPAs), Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) e demais estabelecimentos por meio das centrais de regulação. O objetivo desta iniciativa é aprimorar a organização da rede para um melhor atendimento aos usuários do SUS.

 

Clique aqui e acesse a Política Nacional de Atenção Hospitalar, em consulta pública até o fim de novembro. 

 0 COMENTÁRIOS

Últimos posts promovidos


deboraligieri is offline
6votos

Tratamento de neuropatia diabética e assistência farmacêutica na UBS/AMA Santa Cecília - São Paulo/SP

Relato do dia 08.06.2016:

 

No fim de 2014, fui diagnosticada com polineuropatia periférica, uma das complicações do diabetes. Seguindo as orientações do endocrinologista que me acompanha há 23 anos, iniciei um esquema de redução de danos para diminuir o tabagismo, associado à prática de musculação (com exercícios adaptados ao meu caso por uma amiga fisioterapeuta) e terapia medicamentosa com tiamina. Tudo isso para amenizar as dores neuropáticas nas pernas e quadril (e ainda no ombro, talvez).

Últimos posts comentados


Claudia Pedrosa is offline
0votos

Chegada na RHS de nov@s alun@s da disciplina Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde do Curso de Gestão em Saúde Coletiva/UnB

Hoje daremos continuidade ao desafio lançado pelo Prof Gustavo Nunes Oliveira, de conectar os/as Alunos/as da disciplina Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde do Curso de Gestão em Saúde Coletiva da UnB a Comunidade da RHS.

A experiência de compartilhamentos e reflexões na rede sobre a gestão e o cuidado no SUS tem qualificado a formação além de ampliar e potencializar a aprendizagem.

Bem vind@s @s nov@s alun@s!!!