Quando Termina o Sentimento Religioso e Começa o Obscurantismo!


17votos

Quando Termina o Sentimento Religioso e Começa o Obscurantismo!

Erasmo Ruiz is online

Igreja excomunga responsáveis por aborto de menina de 9 anos

 

 

Temas como o aborto, a eutanásia e repercussões sobre novas tecnologias  de reprodução humana ("barrigas de aluguel", gravidez após menopausa etc) desdobram complexas discussões que tendem a ultrapassar argumentos racionais posto que assumir-se um posicionamento pró ou contra siginifica, em úiltima instância, falar ao mundo quem somos, atuando portanto com nossos afetos, medos, angustias e ansiedades. 

 

Ainda assim, não podemos nos manter calados quando pessoas movidas por sentimentos religiosos correm  o risco de apregoar o contrário daquilo que seus princípios dizem defender. A notícia abaixo mostra o quanto o zelo religioso da manutenção da integridade de determinados princípios pode na verdade acirrar a produção da dor e do sofrimento. Tentar obrigar uma criança de 9 anos de vida a continuar grávida depois de violentada pelo próprio padrasto e, ainda, sujeitar os trabalhadores de saúde que subteram a criança a um aborto à pena de excomunhão apenas demonstra que o obscurantismo pode se disfarçar nas melhores intenções.

 

Antes que me esqueça, o Arcdebispo de Olinda, embora tenha excomungado os trabalhadores de saúde, não emitiu qualquer gesto de censura contra o padrasto da criança. Pelo visto, o fato da menina não ser mais uma célula ou um embrião parece não mobilizar o sentimento de proteção de tão renomado religioso,  sendo muito difícil para ele tipificar o estupro de uma criança de 9 anos como um crime atentatório contra a vida.

 

Um dia a história demonstrará que além dos crimes da Inquisição, a Igreja Católica poderá ser responsabilizada também pelo alastramento da epidemia de AIDS na África por conta do seu zeloso combate ao uso de preservativos. Assim, uma religião que apregoa a defesa irrestrita da vida pode, quando movida pelo obscurantismo de alguns de seus membros, ser o instrumento produtor da morte e do sofrimento. Como nos alertava Goya no final do século XVIII - em crítica as atividades da Igreja Católica na Espanha e a sua asquerosa Santa Inquisição - "O Sono da Razão Produz Monstros"!

 

Notícia emcontrada em

noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI3613893-EI306,00-Igreja+excomunga+responsaveis+por+aborto+de+menina+de+anos.html

 

Transcrição da Notícia:

Ana Lima Freitas

Direto do Recife

O arcebispo de Olinda e Recife, d. José Cardoso Sobrinho, condenou a interrupção da gravidez da menina de 9 anos que teria sido estuprada pelo padrasto, na cidade de Alagoinha, no agreste de Pernambuco. Segundo d. José, os responsáveis pelo aborto estão excomungados da Igreja Católica.

Durante a madrugada de hoje, os advogados da arquediocese de Olinda e Recife haviam preparado uma denúncia que deveria ser encaminhada ao Ministério Público, mas desistiram da medida depois da divulgação do aborto.

A menina, que estava internada no Instituto Materno e Infantil de Pernambuco (Imip), recebeu alta na noite de ontem, quando foi novamente internada no Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), no bairro da Encruzilhada. Lá, a garota tomou medicamentos para começar o processo. Na manhã de hoje, os dois fetos foram expelidos. O Cisam não informou quem integrou a equipe responsável pelo aborto e o arcebispo não citou nomes dos excomungados.

Por volta das 16h30 da tarde de hoje, os médicos do Cisam realizaram uma curetagem (raspagem) para retirar o material placentário do útero da menina. O estado de saúde dela é estável. A garota não corre risco de vida e se encontra na sala de recuperação da unidade. Após a se recuperar da anestesia, ela será levada para a enfermaria. A previsão de alta é de 24 a 48 horas após a curetagem.

No próximo dia 7, quando será lançada a campanha da fraternidade da CNBB em Pernambuco, em uma missa na Basílica de Nossa Senhora do Carmo, d. José fará um manifesto público contra a interrupção da gravidez da menina estuprada pelo padrasto.

 

 23 COMENTÁRIOS

Sabrina Ferigato is offline

Que coisa mais bonita!!

Erasmo Ruiz is online

 

Bela lembrança Camila. Em dias em que a Igreja transpira conservadorismo, é bom lembrar de Dom Oscar Romero (covardemente assassinado em plena missa pela direita em El Salvador), das freiras americanas chacinadas pelos paramilitares salvadorenhos, do Reitor da Universidade Centro Americana, o Padre Ignacio Martim-Baro também massassinado em seu local de trabalho, são mártires no coração do povo. Como nos lembra Gramsci, não existe "O Catolicismo" mas sim vários catolicismos, e, infelizmente, Bento XVI parece representar o pior tipo, principalmente quando se mete a falar de saúde pública.

 

Abraços do ERASMO 

Carolina Camilo Correia is offline

"Não é vontade de Deus que uns tenham tudo e outros tenham nada.Não pode ser vontade de Deus. A vontade de Deus é que todos seus filhos e filhas sejam felizes.(...) Devemos buscar o Menino Jesus não nas nossas imagens bonitas de presépio, mas nos nossas crianças desnutridas que esta noite foram dormir sem ter o que comer. Nos vendedores de jornal que dormiram mal."(Dom Oscar Romero)
Tenho sinceras dificildades em não admitir meu posicionamento religioso, católico, ainda que muitas vezes não manifeste publicamente minhas opiniões. Não matarás é o mandamento.
E eu mato todas as vezes que me calo diante da violencia, da exploração, de tudo que anula algum traço da dignidade, do amor e da justiça, de quem quer que seja...quando deixo de alimentar sonhos.

Carolina Camilo Correia
Enfermeira. Aprimoranda em Saúde Coletiva.
Hospital das Clínicas da FMUSP.
São Paulo/SP.

Últimos posts promovidos


gustavonunesoliveira is offline
12votos

Marcus Matraga e as nossas lutas! Luto e Homenagem!

Hoje soube logo no começo da tarde, através de nota do Movimento Nacional de Luta Antimanicomial veiculada pelo Facebook da tragédia ocorrida no município de Jaguaripe. O senhor barbudo que andava se metendo em conflitos entre Fazendeiros e Indígenas foi sequestrado e assassinado esta noite de 4/02/2016. O nome dele de nascença é Marcus Vinicius de Oliveira Silva, mas nós o conhecemos com o nome de Marcus Matraga, do movimento de Luta Anti Manicomial.

Últimos posts comentados


ElainePerez is offline
0votos

Confinamento "paciente"

Confinamento "paciente"
Elaine Perez
Expansão musical com Oliver Sacks
Tese em construção

Música corpórea, fluxo interpenetrante que expande o espaço, significando o tempo da nossa música em forma de carne.
O "doente" desavisado perde aos poucos os compassos.
O olhar pela busca do ser "normal", fecha portas e submete à monotonia, ao embotamento de sentidos.
O proceder não pode ser reduzido a "procedimentos", nem o fazer, a qualquer sequência ou série de "operações".