Saúde também é Educação: Retomada do Programa de Saúde na Escola promovendo aproximação entre a Escola e a UBS Mangabeira

Primary tabs


15votos

Saúde também é Educação: Retomada do Programa de Saúde na Escola promovendo aproximação entre a Escola e a UBS Mangabeira

Camila Kanzaki is offline

INTRODUÇÃO: O Programa de Saúde na Escola (PSE) foi instituído em 2007 como um trabalho integrado entre Ministério da Saúde e Ministério da Educação, visando utilizar o espaço privilegiado da escola, na sua perspectiva de formação integral e construção da cidadania, para trabalhar ações de promoção da saúde com uma abordagem multifatorial, objetivando o desenvolvimento de competências em saúde dentro da sala de aula, a transformação da escola em um espaço saudável e o fortalecimento do vínculo entre a comunidade e a unidade básica de saúde. A intervenção final do Estágio Supervisionado em Saúde Coletiva, realizada pelos doutorandos Camila Kanzaki, Diogo Medeiros e Gabriela Assunção do curso de Medicina da UFRN, em parceria com a SMS de Macaíba, retomou o PSE na comunidade Mangabeira com a realização da primeira atividade do novo Plano de Ação da UBS Mangabeira.

METODOLOGIA: O projeto foi realizado na Escola Estadual João Chaves com 88 alunos do Ensino Fundamental I e 57 alunos do Fundamental II, bem como professores e funcionários. A abordagem foi adaptada aos diferentes públicos-alvo, com base nas principais necessidades em saúde sugeridas pela direção da escola durante a etapa de planejamento e elaboração do Plano de Ação. Dessa forma, a intervenção teve início com uma roda de conversa com os professores acerca dos temas “primeiros socorros e prevenção de acidentes no ambiente escolar”, “reconhecimento das principais afecções de pele da infância” e “DST”. Os professores compartilharam suas experiências com acidentes de crianças na escola, revelaram uma certa insegurança em abordar, principalmente, o tema DST em sala de aula e, por fim, tiraram dúvidas sobre as orientações que a escola pode fornecer em saúde e quando recorrer à UBS.
O segundo momento da intervenção foi voltado para as crianças, cuja necessidade a ser trabalhada foi a higiene, por isso foram distribuídos brindes contendo copo, escova de dente e sabonete. Com o objetivo de estimular a leitura e conscientizar sobre higiene pessoal foram feitas dinâmicas de contação de histórias e uma dinâmica que reproduzia o banho de chuveiro, apontando os principais pontos de atenção. Em seguida, a equipe de saúde bucal da UBS realizou uma roda de conversa sobre higiene bucal e a teoria foi posta em prática com a dinâmica da escovação supervisionada e aplicação de flúor nos “Escovódromos”. Ao final, a dentista fez uma avaliação rápida em todas as crianças, o que resultou em 12 crianças com poucas cáries (até 3), 47 crianças com muitas cáries (mais de 3), 12 crianças que necessitavam de limpeza e apenas 2 crianças sem nenhuma cárie ou placa. Todas elas levaram para casa uma ficha de avaliação bucal e a orientação para os pais levarem os filhos até a UBS para acompanhamento odontológico.
O terceiro momento da intervenção ocorreu com os adolescentes e tratou dos temas “sexualidade - DST e prevenção” e “drogas - lícitas e ilícitas”, com a distribuição de brindes contendo a Cartilha do Adolescente (do Ministério da Saúde), camisinhas, materiais informativos, escovas de dente, entre outros. As dinâmicas consistiram de jogos de perguntas e respostas, individualmente e em grupo. As DSTs foram trabalhadas de forma simples, objetivando o reconhecimento de tais doenças e a necessidade de buscar atendimento médico, bem como as formas de prevenir a sua transmissão. Já as drogas foram abordadas tanto em relação ao seu prejuízo psicossocial, quanto ao seus danos orgânicos. Por fim, todas as carteiras de vacinação foram avaliadas e os esquemas vacinais foram atualizados. 
CONCLUSÃO: A intervenção atingiu o objetivo de fornecer subsídio para a construção de um conhecimento crítico em saúde, investindo no comprometimento e nas potencialidades de todos os profissionais da equipe e da escola para a construção desse saber. Entretanto, resultados mais transformadores dependerão da continuidade dessas ações, o que foi assegurado pela retomada do vínculo entre a Escola e a UBS Mangabeira, através da elaboração do Plano de Ação com atividades mensais agendadas até 2013 e a possibilidade de expansão dessas atividades para outras escolas da comunidade.

AnexoTamanho
Image icon Imagem3.png254.04 KB
Image icon Imagem5.png189.71 KB
Image icon Imagem4.png266.38 KB

 10 COMENTÁRIOS

Lorena Monte is offline

Agir na educação é uma ótima maneira de promoção da saúde... A intervenção de vocês foi muito bonita!!

PARABÉNS!

vilani is offline

Camila, Diogo e Gabriela

Parabéns pela intervenção realizada com tanto esmero por vocês na UBS de Mangabeira. A importãncia dessas ações na promoção da saúde é certamente o melhor caminho a ser percorrido na saúde coletiva e a conscientização é o melhor instrumento para prevenir as doenças e agravos.

Permaneçam com essas virtudes em buscar o diferente mesmo diante de situações onde, em muitas vezes, nos sentimos impotentes diante das dificuldades.

Valeu, meninos!

Bjus no heart de vocês.

Vilani

pedrocavalcante87 is offline

Parabéns ao grupo de doutorandos idealizadores do trabalho! Orgulho em tê-los como colegas de faculdade e futuros colegas de profissão!

Vital Pedro dos Santos is offline

O empenho e dedicação renderam frutos importantes não só para vocês, doutorandos, mas também para toda a comunidade, que terá mais uma atividade de promoção a saúde.

Parabéns e abraço a todos

Diogo Mizael is offline

Não deixem de conferir o vídeo galera... :D

Gabriela Lins is offline

Obrigada!! Um agradecimento especial à equipe da UBS Mangabeira que apoiou nosso projeto e contribuiu muito para o sucesso da intervenção!!

weligton nunes da silva is offline

parabéns pessoal pela contribuição do projeto, o resultado ficou excelente, espero que tenha continuação pelos estagiários posteriores.

Emilia Alves de Sousa is offline

Olá Camila e demais doutorandos,

Sejam bem-vindos à RHS!!!

Iniciativa como esta produz saúde, cidadania e vínculos afetivos.

As imagens por si só expressam todos os efeitos positivos produzidos através do trabalho desenvolvido por vocês.

Parabéns pelo belo trabalho e pela publicação do post! Esperamos que continuem compartilhando na rede as experiências de saúde vivenciadas no cotidiano profissional.

Um abraço!

Emília

 

renatomariz is offline

Grande intervenção! Parabéns!
Ana Tania is offline

  Meus queridos  Diogo Medeiros, Gabriela Assunção  e Camila Kanzaki vocês foram simplesmente maravilhosos, a intervenção de vocês é um exemplo claro do que é a Promoção da Saúde. A intersetorialidade é extremamente necessária para mudança de uma realidade sanitária. Saúde e Educação precisam estar de mãos dadas. Aprender a cuidar da saúde bucal na escola de forma lúdica é uma pratica do cuidado integral humaneste.

Parabéns meus queridos!

Últimos posts promovidos


Mariella is offline
4votos

Túnel do tempo conta a história da Fiocruz em Brasília e a da 8ª Conferência Nacional de Saúde

 

Exposição se vale de imagens e tecnologias interativas e ficará aberta ao público de 12 a 16 de dezembro 

Últimos posts comentados


Clyton A P Houly - ClytonDiAju - ClytonDiTraipu is offline
6votos

SOFRIMENTO E MORTE DE MÉDICAS CUBANAS, NO PROGRAMA MAIS MÉDICOS PARA O BRASIL-PMMB

*******************************************************************************

1. QUATRO MORTES E UM ESTUPRO

2. NO INTERVALO DE ONZE MESES, INICIANDO EM DEZEMBRO DE 2015

3. DUAS MORTES NO PARANÁ , UMA NO CEARÁ E UMA NA BAHIA.

4. UM CASO DE ESTUPRO, NO AGRESTE DE PERNAMBUCO.

5. A ÚLTIMA MORTE EM IGUATU, CEARÁ, ÀS VÉSPERAS DO RETORNO DA DOUTOURA CUBANA PARA SUA TERRA NATAL.

6. UMA MORTE TERIA SIDO INFARTO DO MIOCÁRDIO

7. A OUTRA TERIA SIDO INFLUENZA H1N1

8. A ÚLTIMA, DE IGUATU-CEARÁ , TEVE LAUDO MÉDICO , DE CAUSA INDETERMINADA