OFICINAS TERAPÊUTICAS COMO INSTRUMENTO DE REABILITAÇÃO PSICOSSOCIAL: PERCEPÇÃO DE FAMILIARES

Primary tabs


13votos

OFICINAS TERAPÊUTICAS COMO INSTRUMENTO DE REABILITAÇÃO PSICOSSOCIAL: PERCEPÇÃO DE FAMILIARES

FRANCISCO ARNOLDO NUNES DE MIRANDA is offline

As oficinas terapêuticas permitem a possibilidade de projeção de conflitos internos/externos por meio de atividades artísticas, com a valorização do potencial criativo, imaginativo e expressivo do usuário. Objetivou-se identificar a percepção dos familiares sobre as oficinas terapêuticas desenvolvidas. Pesquisa descritiva, com delineamento qualitativo, desenvolvida nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) de Natal-RN, entre agosto e setembro de 2007. Foram entrevistados 28 familiares que participavam regularmente dos serviços. Os familiares destacaram o impacto positivo dos CAPS em suas trajetórias de tratamento e de vida, na melhoria da harmonia familiar. Sobre
as oficinas terapêuticas, identificaram falhas e contradições, denunciando e apontando caminhos de superação. Percebem os espaços de participação nos CAPS como formas importantes de acompanhamento do seu familiar usuário, além do crescimento mútuo. As oficinas terapêuticas representam um instrumento importante de ressocialização e inserção individual em grupos, na medida em que propõem o trabalho, o agir e o pensar coletivos, conferidos por uma lógica inerente ao paradigma psicossocial.
Palavras-chave: Terapia pela Arte. Serviços de Saúde Mental. Família. Enfermagem Psiquiátrica. Transtornos Relacionados ao
Uso de Substâncias.

 0 COMENTÁRIOS

Últimos posts promovidos


Nilciany Camargo is offline
9votos

Atenção Domiciliar - Tire suas dúvidas AO VIVO • 24/03 • 10h e 14h

O Formação em Debate desta sexta-feira (24/03) vai falar sobre Atenção Domiciliar com a participação da Dra. Fernanda de Carvalho Affonso, Supervisora Médica do Programa Melhor em Casa do Hospital São Luiz Gonzaga – Santa Casa de São Paulo.

A transmissão é pelo Canal Profissional, nas TVs das Unidade de Saúde do município de São Paulo em dois horários: às 10h e às 14h.

Últimos posts comentados


Emilia Alves de Sousa is offline
12votos

ESTUDO DO MANEJO DA PRÉ-ECLÂMPSIA E ECLÂMPSIA COM EVOLUÇÃO PARA O ÓBITO MATERNO NA MDER

O Instituto Fernandes Figueira – IFF/Fiocruz priorizou a Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina, como campo de pesquisa para um estudo sobre o manejo da Pré-eclampsia e Eclampsia com evolução para o óbito materno.

A pesquisa está sendo realizada pela Enfermeira Paranaense Luciana Ferreira, mestranda do Instituto Fernandes Figueira/FioCruz

A pesquisadora esteve realizando coleta de dados na MDER entre os dias 10 e 18-02. Os trabalhos foram Iniciados com uma apresentação do PROJETO aos gestores e cuidadores da maternidade.